Porta da Frente, concorrente do Porta dos Fundos?

porta da frente post

Porque a concorrente da Globo é a Record, porque o concorrente da Coca-Cola é a Pepsi, porque o concorrente do McDonald’s é o Bob’s, porque o concorrente do Porta dos Fundos é quem, é quem… a Porta da Frente.

De forma crítica, eu acho, e não muito engraçada, um grupo de atores evangélicos publicou um vídeo intitulado “Porta da Frente”, uma alusão ao canal Porta dos Fundos, liderado pelo ator e humorista da vez, Fábio Porchat.

Durante a “dramatização”, os atores crentes criticam a forma como os atores “anticristãos” do Porta dos Fundos pensam seus esquetes, uma vingança ao vídeo em que o Porta dos Fundos fala mal do pastor Marco Feliciano.

ps: vingança não é pecado? Depois vai pro inferno e não sabe por que né!

Anúncios

Rebeldes de volta ao SBT: momento nostalgia X momento vergonha

Eles estão de volta. E mais rebeldes do que nunca. Porém, há um fator estonteante nessa história toda: o fã de oito anos atrás cresceu. Sim, eu cresci. Ai que vergonha! Como bom noveleiro que sou, fiz jus a isso e fiquei mudando de canal feito doido na noite de ontem, quando da reestreia de Rebeldes no SBT, no mesmo horário de Amor à Vida.

rebeldes post blog

Confesso que fiquei em estado de choque! Como um dia pude gostar daquilo tudo? Há oito anos, quando ainda era um  adolescente no auge dos meus 14 aninhos, achava aquilo tudo um barato (até a gíria é antiga). Ainda bem que cresci.

Ontem, tirei a conclusão de que nem toda novela mexicana é boa como Maria do Bairro e a Usurpadora. Observando a reestreia de Rebeldes com olhos de adulto, comecei a entender minha mãe quando ela se dirigia a minha irmã e a mim com os seguintes dizeres: “Vocês não têm vergonha na cara de assistir a essa besteira…”.

Não estou cuspido no prato que comi, ou melhor, não estou menosprezando a novela que assisti. Apenas cheguei à conclusão de que com o passar do tempo as coisas super mudam, e que a juventude de ontem quase nada tem a ver com a de hoje.

Aos “chicos” de hoje digo apenas uma coisa: sejam melhores que eu e não percam tempo assistindo Rebeldes.