Repórter de cueca: Águia Dourada rouba a cena!

Quem mora aqui no Ceará já percebeu que na hora do almoço é comum os programas policialescos invadirem a nossa telinha. Talvez um dos motivos para tanto sucesso seja a espetacularização  de assuntos sérios, como é o caso da violência urbana nas grandes cidades. Programas desse estilo são destaque nas pequenas, médias e grandes TVs, como a Rede Record, que há tempos vem dando espaço a fatos pitorescos, desde a cansativa exposição de anãos em quase todos os programas da emissora a apresentadores de TV e repórteres de cueca.

Detalhe: a chamada no vídeo destaca o fato do repórter está apenas de cueca, e não o assalto em próximo a uma delegacia.

Detalhe: a chamada no vídeo destaca o fato do repórter está apenas de cueca, e não o assalto próximo a uma delegacia.

Na última semana, um fato bem pitoresco, por sinal, gerou um burburinho nas redes sociais. O “repórter” Águia Dourada, um verdadeiro personagem do programa Cidade 190 da TV Cidade Fortaleza, afiliada da Rede Record, protagonizou uma matéria vestindo apenas uma cueca! SIM, ele gravou de cueca. Mergulhou de cabeça na matéria! Não viu? Pois, veja o vídeo abaixo:

Agora nos perguntamos: É necessário realmente fazer isso? Qual a credibilidade que um homem desses repassa para a sociedade vestido desse jeito? Um fato como esse, referente a um assalto ocorrido próximo a uma delegacia é um caso grave. No decorrer da matéria percebemos que “os populares” (termos usados pelos repórteres e pelos policiais) riem diante da situação. Primeiro riem, e depois fazem a denúncia. É um verdadeiro espetáculo, digno de aplausos perante tanta falta de escrúpulos.

Agora fazemos alguns questionamentos: Porque o outro lado da história não foi ouvido? Se o local é tão próximo à delegacia, porque o repórter não foi lá ouvir os devidos esclarecimentos das autoridades? A matéria ficou completamente surreal! O repórter vestido apenas com uma cueca chama mais atenção que o próprio fato em si, ou seja, o assalto.

Para piorar a situação, a matéria foi veiculada em rede nacional no programa Cidade Alerta na Record. Um assunto que deveria ser tratado de forma séria acaba se tornando motivo de chacota. Uma única frase resume tudo isso: Seria cômico se não fosse trágico.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s